16 julho 2013

Todos os Superman do cinema

Todos os Superman dos cinemas
Se você esta antenado no últimos lançamentos do cinema já deve saber que o mais novo reboot do herói da capa vermelha já lançou aqui no Brasil também. E pra marcar essa data, resolvi fazer um post falando sobre todos os Superman que já apareceram nas telonas. Então pode se acomodar na cadeira que o post é esse!

Confere aí!

Superman foi criado em 1938 por Jerry Siegel e Joe Shuster em uma época onde a esperança do povo americano estava arrasado com a depressão de 30 e com a crise que mergulhou o país naquele momento e a criação de um herói se tornou algo que retomasse o espírito de esperança e ele se tornou um personagem político importante.

Superman - The MovieSuperman - The Movie
Em 1978 estreava nos cinemas a melhor adaptação de super-herói de todos os tempos do cinema.

A história começa no planeta Kripton, um cientista e membro do conselho, descobre que seu planeta está prestes a explodir e manda o seu único filho Ka-El para o Planeta Terra , aonde o Sol amarelo vai lhe dar poderes infinitos, por aqui é encontrado pelo casal Kent e ganha o nome de Clark Kent. Anos se passam e depois de um longo período na Fortaleza da Solidão, ele descobre sobre os mistérios do universo e se torna Superman e a partir desse momento ele viverá emoções e aventuras para proteger o mundo da injustiça e maldade.




Superman IISuperman II – A Aventura Continua

Sempre o segundo filme de uma franquia é o mais preocupante e é considerado um teste de fogo para qualquer estúdio de Hollywood, e Superm passou por esse teste e se saiu muito bem.

No começo do primeiro filme Jor-El condenou três perigosos inimigos, incluindo o seu arquiinimigo General Zod, como punição eles foram condenados a ficar na Zona Fantasma, um tipo de prisão que Jor-El inventou. Depois de salvar Paris de uma bomba nuclear, Superman joga a bomba no espaço, mas com a explosão quebrou a Zona libertando o maior inimigo de seu pai e ainda todos os três tem os mesmos poderes de Superman. Fora isso, Lex Luthor fugiu da prisão e descobre a Fortaleza da Solidão e descobre algumas coisas de Superman e tenta colocar o seu plano em ação. Agora Superman irá conseguir deter os vilões, mas também, resistirá em não contar o seu segredo ao seu grande amor, Lois Lane?




Tendo apenas algumas mudanças na produção, o principal destaque desse filme é a atuação de Terence Stamp como General Zod, com seu inegável sotaque ingês faz um vilão a altura e dá espetáculo de soberania e crueldade.

Superman IIISuperman III

O que faz uma franquia perder o rumo de vez? Um exemplo perfeito disso é Superman III, o filme que deu inicia o declínio total de uma franquia que iniciou um sonho.

O ponto de partida do filme é com Gus, vagabundo que de uma hora para outra tem um talento na área de computação e chama atenção de um grande magnata que tem um plano muito audacioso que controlar o mundo através dos computadores, mas ele tem um encalço: Superman! E os vilões farão de tudo para destruir-lo. Enquanto isso, Clark Kent volta a Smallville e reencontra um amor não correspondido do passado à bela Lana Lang. E isso só é o começo, por que ele vai enfrentar o pior inimigo: ele mesmo.


O terceiro filme da franquia foi o inicio de uma frustração, tão ruim que nem mesmo os fãs do herói consideram uma sequencia. Pontos curiosos desse filme é a luta ente Superman Mau e Clark Kent e da atríz Annette O’Toole que no filme interpreta Lana Lang, também é a mesma que interpreta Marta Kent na série Smallville

Superman IV - Em Busca da Paz
Superman IV - Em Busca Da Paz

Nos anos 80, o medo de uma Guerra Nuclear era crescente, tanto no mundo quanto nos EUA. Em Superman IV, um garoto vendo a crise nuclear crescer, manda uma carta para o Superman pedindo o final da corrida nuclear, mas também se tornou uma oportunidade perfeita para Lex Luthor executar o seu terrível plano.









Se voltarmos um pouco, iremos concluir que Superman é um personagem político desde sua criação, no final na década de 30, ele apareceu em um país mergulhado na depressão e veio com ele, uma fagulha de esperança e agora esse estilo politico volta com o quarto filme da franquia.

A base do filme carrega uma cunha política e pacifista e faz com que o roteiro seja fraquíssimo e outros personagens sejam apenas os famosos “enche-linguiça” assim prejudicando o trabalho dos atores. Outro fato que prejudicou o filme foi a cenas de voo que são extremamente mal feitas fazendo que o filme se pareça um filme B, a direção de Sidney J. Furie ajudou a serie ir para o fundo do poço. Pelo menos a trilha do filme é decente fazendo que o filme não se torne um completo lixo.

Superman - O RetornoSuperman - O Retorno

Superman Returns se passa anos depois dos acontecimentos do segundo filme. Depois de ficar ausente por um longo tempo, Superman volta de uma viagem ao espaço, mas quando chega a Terra percebe que o mundo aprendeu a conviver sem ele incluindo a sua grande amada Lois Lane que agora está casada e com um filho. Enquanto isso, o maior inimigo de Superman, Lex Luthor arquiteta um plano realmente cruel para dominar o mundo e agora só o Superman para parar os planos doentios de Lex e recuperar o amor de Lois.





Nenhum filme até hoje causou tanta dor de cabeça para seus produtores como o quinto filme da série Superman. Ao final de vinte anos de pré-produção, cinco diretores demitidos, dezenas de roteiros – e seus autores – dispensados e uma ínfima variedade de atores renomados postos de lado, Superman aterrissa mais uma vez nas telonas, em Superman – O Retorno.

O principal ponto negativo do filme é a história. Deixando de lado os dois últimos ~e péssimos~ filmes, a nova trama acontece logo após o segundo filme, e leva a história do Homem de Aço para um direção bem diferente. Além de o filme tirar o maior amor da vida do herói, o grande vilão da história é um continente gigante. Mas tirando a parte da história e focar nas partes técnicas, os efeitos são bons e toda a produção da gravação fizeram bonito. Nada mais do que o exigido, já que pra esse filme foi desembolsado U$ 250 milhões sendo a maior, mais cara e mais demorada superprodução cinematográfica.

Homem de AçoHomem de Aço

Clark Kent/Kal-El (Henry Cavill) é um jornalista de vinte e poucos anos que se sente alienado por poderes além da imaginação. Transportado de Krypton (um planeta alienígena avançado) para a Terra anos atrás, Clark se pergunta “Por que estou aqui?”. Moldado pelos valores de seus pais adotivos Martha (Diane Lane) e Jonathan Kent (Kevin Costner), Clark logo descobre que ter super-habilidades significa tomar decisões extremamente difíceis. E quando o mundo é atacado, Clark deve se tornar o herói conhecido como “Superman”, não só para brilhar como o último raio de esperança, mas para proteger aqueles que ama.




O novo rebbot do herói mais conhecido e mais mau sucedido nas telonas, reaparece com o Man of Steel, tudo o que você lembra dos outros filmes você deve esquecer, por que o reboot traz tudo desde o inicio. Contanto de uma maneira diferente ~e até rápida demais~ a infância de Clark paralelamente com a descoberta do destino do kriptoniano, você conhece a nova cara do herói. Na minha opinião, o filme é muito bom, tendo apenas alguns pontos negativos como a pouca participação de Lois na história (claro, que na historia do filme não tinha muito o que aproveitar da personagem, creio que num filme futuro ela seja mais usada.), a forma rápida que o filme é passado, cheio de flashbacks e cenas curta que busca contar rapidamente e paralelamente a história que envolve Superman e outro problema é a influencia física que Jol-El possui mesmo sendo apenas uma consciência.

Mas ainda sim, lembrando que isso é a minha opinião de merda, gostei muito do reboot, e acho que finalmente o herói da capa vermelha voltou a ser representado de uma forma digna de sua importância. Eu recomendo.

Fonte: Cine JP | Omelete: Link 1, Link 2